pequenas mentiras que a tv conta (e depois as nossas)

o shoptime que me desculpe, mas eu acho que todos deviam ser processados.

tá, posso ser menos radical. todos os apresentadores – principalmente do segmento de cozinha – deviam aparecer limpando os produtos que eles vendem. é, porque no máximo eles falam que é suuuuuper fácil de limpar.

MENTIRA!!!

vamos começar com o triturador de frutas, aquela máquina mágica (toda proparoxítona) que faz sucos saídos de filmes…filmes de sucos, sei lá. se é que já existiu um. ou então hollywood não é tão esperta assim.

essa máquina mágica de suco é… bem… mágica. o processo é quase simples:

1. você vai na rua, compra as frutas e as coisas que fazem bem à saúde (bertalha? espinafre, couve… essas coisas);

2. chega em casa e coloca essas coisas todas na geladeira (duas horas, porque aí os agrotóxico tudo vai pra casca e fica mais fácil de lavar por causa do frio zzzzzzzzzzzzzzzzzz);

3. duas horas depois – e uns 3 copinhos de vodka com água tônica e uns 3 ou 4 quatro cigarros – você lava essas coisas deliciosamente saudáveis com vinagre, água sanitária, reza pras química terem ido embora e aí;

4. você monta a máquina mágica e vai jogando as coisas dentro e o suco vai saindo, colorido, lindo – lembra aquela poção dos ursinhos gummy, era isso?

5. aí você bebe, leva suco pra vó, pro irmão, pra tia, pro primo, pros vizinhos, porteiro…

§

então, querida amiga, é hora: lavar a louça.

porque essa hora sempre chega. é tipo a morte. inevitável.

point is: a máquina mágica é composta de umas 7 partes. se você for safo como eu (rá!), só precisa lavar 4 partes, sendo: a parte na qual fica o suco, o filtro de metal, a roda de metal – que deve ser o triturador da coisa toda – e a parte para onde vão as cascas, caules, e outras coisas mais.

o filtro de metal: fica uma massinha colorida, bem grudada, insuportável de tirar – e eles ainda avisam que não é pra usar sabão e afins.

a roda de metal, o triturador propriamente dito, é fácil de levar.

a parte onde fica o suco.. bem, também não é lá muito difícil.

agora, o purgatório – chamo assim porque é onde fica todo o resto que não vai pro céu (sendo o céu a última instância, a parte de plástico pra onde vai toda casca triturada, sofrida, culpada…)

limpar o purgatório não é lá tarefa fácil…

gente, já me cansei só de escrever.

vou chorar um pouco na área de serviço, fumando um cigarro, tomando um martini e ouvindo nina simone.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: